FADISMA - Notícias - Professor da FADISMA publica artigo científico em revista da Associação Brasileira de Estudos do Trabalho

Fadisma - Faculdade de Direito de Santa Maria

Notícias

Central de Notícias

Professor da FADISMA publica artigo científico em revista da Associação Brasileira de Estudos do Trabalho

Professor da FADISMA publica artigo científico em revista da Associação Brasileira de Estudos do Trabalho

  •  

A pesquisa está disponível gratuitamente via Internet

A mais recente edição da Revista da ABET (Associação Brasileira de Estudos do Trabalho), publicada no dia 18/02, conta com artigo do professor da FADISMA Wagner Pompéo.

A publicação é uma coleção de produções acadêmicas que constitui um importante espaço de divulgação científica para pesquisas sobre o trabalho em diferentes áreas de conhecimento.

Aliando o estudo em Direito e História (atualmente, o professor Wagner está dando andamento em seu Doutorado em História na UFSM), o artigo Para Além Do Discurso De Doação E Proteção: O Estado Novo (1937-1945) E A Luta da Classe Trabalhadora Por Reconhecimento E Direitos Trabalhistas faz uma análise crítica do período varguista no país, tendo como tema, conforme o resumo do artigo, “a luta da classe trabalhadora por reconhecimento e direitos ao longo do período estadonovista”, a partir de um estudo da atuação dos advogados santa-marienses durante o Estado Novo, que é quando surge a Justiça do Trabalho.

O professor Wagner comentou o seu trabalho, afirmando que o artigo “resgata um importante momento da história da criação desse substancial ramo do direito, sua legislação, mas, sobretudo, das lutas de classe e reivindicação dos trabalhadores por direitos e melhores condições de vida e dignidade, muitas vezes ignorado e maquiado por um equivocado e oportunista discurso de doação de direitos.”

A Edição 18, volume 2, da Revista da ABET está disponível gratuitamente online, e pode ser acessada clicando aqui.

Confira o resumo do artigo desenvolvido pelo professor Wagner Pompéo abaixo:

Época em que se nota a sistematização da legislação trabalhista, fixação do valor do salário mínimo e mesmo da decretação da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), o Estado Novo (1937-1945), não à toa, é um verdadeiro marco na história brasileira do trabalho. Nem por isso, contudo, esse é um período que não precise ser revisado ou reinterpretado, já que, com o surgimento de novas fontes, isso, mais do que uma possibilidade, é um dever do historiador.  Partindo desse contexto e justificativa, o presente artigo, para além do discurso de doação e proteção, que falsamente maquiou a temática e muitos dos trabalhos a respeito desse importante período histórico, tem como objetivo analisar a luta da classe trabalhadora por reconhecimento e direitos ao longo do período estadonovista. Adotando metodologia de pesquisa bibliográfica e método dedutivo, o trabalho conclui pela necessidade de reconhecer a importância das lutas de classe para a consolidação dos direitos trabalhistas e para a construção da identidade de resistência forjada pelos trabalhadores gaúchos ao longo, inclusive, do período ditatorial Getulista.”

 

Unidade de Comunicação

comunicacao@fadsima.com.br

Notícias Recentes

Categorias

Arquivo

VOLTAR
© 2020. FADISMA. Todos os direitos reservados. beagle ship criacao sites