FADISMA - Notícias - FADISMA aprova 18 nomes dentre alunos e egressos em Exame da OAB

Fadisma - Faculdade de Direito de Santa Maria

Notícias

Central de Notícias

FADISMA aprova 18 nomes dentre alunos e egressos em Exame da OAB

FADISMA aprova 18 nomes dentre alunos e egressos em Exame da OAB

  •  

Resultado da 2ª fase foi divulgado ontem

Tempo de comemorar: a Ordem dos Advogados do Brasil divulgou na manhã de terça-feira o resultado preliminar da segunda fase do Exame de Ordem Unificado, passo obrigatório para os bacharéis em Direito que desejam exercer a advocacia. Foram 18 nomes aprovados dentre alunos e egressos da FADISMA, relata o Coordenador do curso de Direito, prof. Lucas Righi.

Um dos aprovados foi o aluno concluinte Arthur Marques, que divide a rotina acadêmica com uma jornada regular de trabalho durante o dia. Marques é membro do Núcleo de Mediação e Práticas Restaurativas da FADISMA – o CEMPRE; integra o grupo de estudos em Segurança no Trânsito e Mobilidade Urbana, uma das linhas de pesquisa do Núcleo de Segurança Cidadã – NUSEC; e também membro do Núcleo de Direito Informacional – NUDI da Universidade Federal de Santa Maria.

Com tantas responsabilidades, a organização se fez essencial para a aprovação no Exame da OAB, segundo o próprio.

“A minha rotina é bem corrida, em função do trabalho e da faculdade ainda em andamento. Creio que o que me fez passar foi a organização, pois tive um mês apenas de preparação, somadas as duas fases do Exame.”

O jeito, segundo Arthur, foi aproveitar o tempo livre.

“Para a primeira fase estudei praticamente todos os dias das 23:00 às 02:00, resolvendo questões e assistindo vídeo aulas de algumas disciplinas. Já para a segunda fase, comprei um curso on-line e tirei um período de 17 dias de férias do trabalho, mantendo as aulas do décimo semestre da faculdade. Estudava das 07:00 às 12:00, das 14:00 às 18:00 e das 23:00 às 02:00 - assistia as aulas gravadas do curso, resolvia questões e peças das provas anteriores, e, ainda, participava dos encontros aos sábados do projeto Advogue.”

Arthur dividiu e organizou a rotina para poder se dedicar aos estudos

 

Mesmo com a agenda de estudos lotada, ele destaca a experiência adquirida nos diversos projetos o qual faz parte como um diferencial na aprovação.

“Grande parte do conhecimento que adquiri ao longo desses cinco anos de curso na FADISMA vem dessa dedicação às atividades extracurriculares. Acredito que o contato com pessoas diferentes, atividades diversificadas, projetos novos, além de nos tornar profissionais habilitados ao exercício de qualquer atividade ligada ao Direito, nos transforma em pessoas mais humanas e com a capacidade de realmente ajudar aqueles que necessitam.”

Por fim, ele dá uma dica aos próximos examinandos.

“Muito do conhecimento utilizado na prova veio das próprias aulas do curso regular e das dicas recebidas durante minha participação no Advogue. O projeto é um diferencial para os alunos, pois além do conhecimento revisado, os professores responsáveis pelo projeto mostram seu lado humano, dispondo do seu tempo para dar atenção e apoio a nós alunos. É tão emocionante ver nosso nome naquele listão e os últimos dias na espera do resultado foram os mais agoniantes da minha vida. Quem quer atuar na advocacia, se destacar no mercado de trabalho: participem dos núcleos de pesquisa e extensão! Façam o Advogue! Apresentem trabalhos em eventos acadêmicos!  Em suma, aproveitem as oportunidades ofertadas pela faculdade. Depois, irão perceber que as oportunidades surgirão naturalmente.”

Prazo para recursos

Os examinandos terão três dias para a interposição de recursos contra o resultado preliminar da prova prático-profissional. O prazo começou ontem, às 12h, e vai até as 12h do dia 13/10.

Para recorrer, os candidatos deverão utilizar exclusivamente o Sistema Eletrônico de Interposição de Recursos, que fica no site da Fundação Getúlio Vargas (FGV). As decisões dos recursos e a divulgação do resultado final devem ser divulgados no dia 23/10.

A aprovação no Exame de Ordem é requisito necessário para a inscrição nos quadros da OAB como advogado. O Exame de Ordem pode ser prestado por bacharel em Direito, ainda que pendente apenas a sua colação de grau, formado em instituição regularmente credenciada. Poderão realizá-lo os estudantes de Direito do último ano do curso de graduação em Direito ou dos dois últimos semestres.

 

Unidade de Comunicação

comunicacao@fadisma.com.br

Notícias Recentes

Categorias

Arquivo

VOLTAR
© 2015. FADISMA. Todos os direitos reservados. beagle ship criacao sites